Entronização do retrato do Grão-mestre Chan

A comunidade de praticantes que se forma em uma escola marcial é muito semelhante a uma família. O professor assume muitas vezes o papel de pai e os colegas se relacionam como irmãos sendo que os mais antigos são respeitados como irmãos mais velhos. Sendo assim, a perda do professor ou mestre é tão sentida quanto a perda de um pai. E à semelhança do que ocorre nas famílias, nas escolas marciais também se respeita o período de luto.


A mudança no Altar


Quando o mestre falece, seus discípulos respeitam o período de sete semanas (ou 49 dias) para fazer qualquer mudança em suas academias. A cerimônia mais significativa é a entronização do retrato do mestre que agora passará a figurar na mesma parede do altar. (Como é sabido, no altar, os retratos são apenas daqueles que já se foram. ) Assim, uma simples modificação na disposição dos retratos é feita para que se possa colocar o novo na posição mais à esquerda. (veja texto 02 da Ação Integrada.) O retato deve ser impresso nas mesmas dimensões que os demais retratos que constam do altar com moldura igual. Ele será pendurado na mesma altura que os demais respeitando o alinhamento descrito nos Infográficos. (link em breve)


A cerimônia


O momento de colocação do novo retrato no altar é chamado de "cerimônia de entronização". O ambiente deve ser de silêncio e respeito. O professor responsável pela academia deve preparar o ambiente. O espaço na parede do altar deve estar livre para a colocação do quadro. (ver infográficos (link em breve))Podem-se acender incensos e fazer reverência ao quadro colocando os incensos no altar em seguida. As oferendas são as de costume do seu altar, como flores, frutas ou chá. Como se trata de uma homenagem, e não uma “festa” são poucos os envolvidos: o professor e alguns alunos mais antigos por exemplo. O traje deve ser simples sem muitos ornamentos ou cores, não é necessário traje social e pode ser utilizada a roupa do uniforme da academia. Após o quadro ser pendurado pode-se fazer uma reverência mais longa, ou três reverências, como for o costume.

E assim, com a nova disposição do altar, o mestre estará presente de novo “na casa”.


Respeito à pessoa, respeito à família e respeito à escola


Os professores da Academia Sino-brasileira de Kung-fu® fundada em 1973 pelo Grão-mestre Chan - Thomaz Chan Hon Kit, Rosa Chan Wong e Paulo Wong - , sendo também seus familiares, cientes de que muitos professores de nossa escola estão recolhidos em luto, propõem a todos, participarem da Ação Integrada do Altar: passados os 49 dias do falecimento, a família fará suas homenagens em particular. E nas semanas seguintes, será feita a mudança do altar da academia, também considerada como a “casa” do Grão-mestre.


A Ação Integrada do Altar será no mês de abril, no período de 03 a 30 de abril de 2022: cada professor, dentro de sua academia, fará sua pequena cerimônia de “Entronização do retrato do Mestre” conforme descrição acima (ver infográficos (link em breve)). A família Chan, preparou para os professores que estão alinhados com a Ação Integrada da Central Sinobrasileira Chan Kowk Wai, uma foto especial do Grão-mestre Chan. Tirada no final dos anos 1980 em uma viagem feita à Hong-Kong, ela foi feita em um estúdio fotográfico daquela cidade e portanto a digitalização feita gerou um arquivo em boa resolução para impressão. Assim esperamos, que esta imagem que iremos perpetuar em nossos altares, represente o vigor e a convicção que lhes eram tão característicos.







578 visualizações